Aguarde...

Después de todo, una ilustración no se hace con ideas. Es hecho a mano. "Pablo Picasso"

Picasso, Henri Matisse e Marcel Duchamp são considerados os três artistas que mais realizaram desenvolvimentos revolucionários nas artes plásticas nas décadas iniciais do século XX, responsáveis por importantes avanços na pintura, na escultura, na gravura e nas cerâmicas.  

Picasso, “o pintor de Málaga” na Andaluzia (região de origem da família Turrion) demonstrava talento artístico desde jovem, pintando de forma realista por toda a sua infância e adolescência. Durante a primeira década do século XX, o seu estilo mudou graças aos seus experimentos com diferentes teorias, técnicas e ideias.

Excepcionalmente prolífico durante a sua longa vida (91 anos), Picasso conquistou renome universal e dentre as suas obras mais famosas estão os quadros cubistas As Meninas D’Avignon de 1907 e Guernica de 1937, uma pintura do bombardeio alemão sobre Guernica durante a Guerra Civil Espanhola.

Para Picasso, “uma ilustração não se faz com ideais, se faz com as mãos”.

Uma de suas frases mais célebres que não invalida o conceito, o “projeto” e a mente que comanda as mãos do artista, do artesão; porém enfatiza o ato de fazer, de manusear, de trabalhar a forma.

Paixão, elegância, busca da perfeição, inovação e respeito a tradição, os pontos cardeias que norteiam as artes na Andaluzia, inspiram Adolfo Turrion todos os dias a dar nova vida às tradições artesanais que estão desaparecendo em outros lugares.

Os nossos sapatos são totalmente feitos à mão por talentosos mestres artesãos que partilham valores sólidos com a nossa Família: paixão, dedicação e abnegação.

Permita que a família Adolfo Turrion esteja presente em seu dia a dia, não fabricamos apenas sapatos, damos forma ao nosso amor de cada dia.

Conheça mais sobre a linha de sapatos Ávila (um deles na mão do Adolfo) clicando nas fotos abaixo: